quinta-feira, janeiro 03, 2008


E então o pensamento flui.
Estou viva.
Ah, como dói viver!
Mas é dor e também prazer.
E de vez em quando cansa.
Cansa tanto...

Renata Lôbo

3 comentários:

Khronos disse...

Há, bom tê-la de volta mocinha.
Viver tem das suas recompensas... Mas certas vezes eu acabo por pensar se realmente vale a pena...
Tire umas férias da sua vida, nem que seja por alguns dias, lhe fará bem..
E nada como a simples poesia da alma... Sem métrica, sem rima.. só sentimentos e sensações...

J.Phelipe disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
J.Phelipe disse...

Então senhorita, obrigado por ter passado lá, meio que me 'obriguei' a fazer o blog, agora ou nunca, que bom que gostou...

Júlia nasceu um pouco antes de ver seus e-mail's, em plena virada de ano...

Você está resgatando textos que você já postou né?! Tenho a impressão de já ter lido isso aqui, ou no antigo... é maravilhoso te ler e reler...

Ah, a vida! Dois extremos, céu e inferno, dor e prazer... Ainda assim é um grande passo saber que está vivo... mesmo sendo cansativo... rs Seus textos são excelentes...

Ah, te adicionei lá nos favoritos!

Bjos pra você!