quarta-feira, novembro 07, 2007

Porque essa máscara colorida nesse rosto pálido e sem cor??
Mantos de alegres mentiras sob o céu negro de um mundo despedaçado...
Porque não gritar se a dor era de verdade? Nessa noite de negras estrelas entrelaçadas... colisão violenta de sonhos... ninguém diria o que fazer, nem pra onde ir, ou o que levar... Como podia se perder se no caminho que escolhera não havia curvas? Porque amargas melodias lhe convidavam desastradamente a aceitar propostas indecentes onde tudo que poderia perder era um pedaço de sua alma, um pouco de sua vida e quase todo seu coração?

Dizer seu nome me salvaria? ....

Renata Lôbo

2 comentários:

Diógenes disse...

Se você tivesse escrito isso depois de ler o ‘Tithe’ eu diria que você estava pensando nele! “Dizer seu nome me salvaria?” Máscaras, mentiras, mundo despedaçado... tudo a ver com o livro. Quando ler você vai achar graça!

Khronos disse...

Se ajuda ou n... n sei..mas n custa tentar... Eduardo, ou Khronos, como desejar.